- Anunciante -spot_img
InícioAgronegócioSoja fecha acima de R$ 180 em Paranaguá pela 1ª vez; veja...

Soja fecha acima de R$ 180 em Paranaguá pela 1ª vez; veja notícias desta sexta

- Anúncio -spot_img

Enquanto isso, a arroba do boi gordo continua caindo na praça paulista e chega a R$ 315.

  • Boi: arroba cai a R$ 315 em São Paulo, diz Safras & Mercado
  • Milho: preços voltam a disparar em Chicago
  • Soja: bushel supera US$ 15 em Chicago
  • Café: arábica se aproxima de máxima histórica do Cepea
  • No exterior: possibilidade de aumento de impostos nos EUA derruba mercados
  • No Brasil: bolsa cai novamente seguindo exterior

Agenda:

  • Brasil: dados das lavouras do Mato Grosso (Imea)
  • Brasil: evolução da colheita de soja (Safras & Mercado)
  • EUA: prévia do PMI composto de abril (Markit)

Boi: arroba cai a R$ 315 em São Paulo, diz Safras & Mercado

A arroba negociada no mercado paulista caiu do intervalo de entre R$ 315 e R$ 316 para R$ 315, de acordo com a consultoria Safras & Mercado. O analista Fernando Iglesias diz que o aumento da oferta de boiadas tem permitido aos frigoríficos uma negociação por preços mais baixos em alguns estados.

No mercado futuro, os contratos do boi gordo negociados na B3 tiveram valorização na maior parte da curva. O vencimento para abril passou de R$ 311,1 para R$ 311,25, o para maio foi de R$ 306,95 para R$ 305,85, e o para outubro, de R$ 326,45 para R$ 327,55 por arroba.

Milho: preços voltam a disparar em Chicago

Os contratos futuros do milho negociados em Chicago subiram de maneira expressiva pelo quarto dia consecutivo em virtude da preocupação climática e do fortalecimento da demanda pelo cereal. O contrato com vencimento para julho subiu 4,12% e passou de US$ 6,064 para US$ 6,314 por bushel e segue no maior patamar em 8 anos.

No mercado brasileiro, o impulso do exterior mais do que compensou nova a queda do dólar em relação ao real e o quadro de preços firmes se manteve, de acordo com a Safras & Mercado. Em Cascavel (PR), a saca ficou em R$ 102,50, e em Campinas (SP), em R$ 102.

Soja: bushel supera US$ 15 em Chicago

Os contratos futuros da soja negociados em Chicago chegaram ao oitavo dia consecutivo de alta e a posição julho superou os US$ 15 por bushel pela primeira vez. O contrato com vencimento para julho, o mais negociado atualmente, valorizou 2,35% e passou de US$ 14,794 para US$ 15,142 por bushel. O clima frio no início do plantio nos Estados Unidos impulsiona as cotações.

O indicador da soja do Cepea para o porto de Paranaguá (PR) rompeu o patamar de R$ 180 pela primeira vez na história. A cotação variou 1,05% em relação ao dia anterior e passou de R$ 179,32 para R$ 181,2 por saca. Dessa forma, no acumulado do ano, o indicador valorizou 17,74%. Em 12 meses, os preços alcançaram 76,94% de alta.

Café: arábica se aproxima de máxima histórica do Cepea

O indicador do café arábica do Cepea, calculado com base nos preços praticados em Minas Gerais, São Paulo e Paraná, voltou a subir e se aproximou da máxima histórica, atualmente em R$ 748,48 por saca. A cotação variou 0,44% em relação ao dia anterior e passou de R$ 743,12 para R$ 746,41 por saca. Desta forma, no acumulado do ano, o indicador teve uma alta de 23,03% e em 12 meses, os preços alcançaram 27,44% de valorização.

Em Nova York, as cotações do café arábica seguiram a força observada em outras commodities agrícolas e também se valorizaram. O contrato com vencimento para julho, o mais líquido no momento, teve alta de 1,26% e passou de US$ 1,3420 para US$ 1,3615 por libra-peso.

No exterior: possibilidade de aumento de impostos nos EUA derruba mercados

A agência Bloomberg noticiou que o presidente norte-americano, Joe Biden, vai propor um aumento de impostos sobre ganhos de capital para os mais ricos para 39,6%. Considerando a alíquota atual, isso representaria uma elevação de quase 100%. Além disso, uma sobretaxa existente sobre renda de investimentos faria com que os impostos federais pudessem alcançar 43,4%, ainda de acordo com a Bloomberg.

Dessa maneira, após a divulgação, as bolsas norte-americanas passaram a ter desempenho negativo mesmo com a dificuldade política de aprovação do imposto. A ideia do governo Biden é usar aumentos de impostos para financiar gastos sociais.

No Brasil: bolsa cai novamente seguindo exterior

A bolsa brasileira abriu o pregão desta quinta-feira, 22, em alta, se ajustando ao avanço dos mercados no exterior na quarta-feira, enquanto era feriado no Brasil. Porém, o anúncio de que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, pretende propor um aumento de impostos sobre ganho de capital para os mais ricos derrubou as bolsas globais, e com o Ibovespa não foi diferente.

Dessa forma, o índice da bolsa brasileira teve queda de 0,58% e ficou cotado em 119.371 pontos. Enquanto isso, o dólar comercial recuou 1,73% e fechou cotado a R$ 5,455, sendo o menor patamar de fechamento desde o dia 24 de fevereiro.

Fonte: Canal Rural

- Anúncio -spot_img

Enquete

O que você esta achando da atual administração do seu Município?

- Anúncio -spot_img

Estamos Conectados

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Mais Lida

- Anúncio -spot_img

Matérias Relacionadas

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui