- Anunciante -spot_img
InícioSaúdeCovid-19Mudança no horário agradou setor de bares, restaurantes e similares em Rondonópolis

Mudança no horário agradou setor de bares, restaurantes e similares em Rondonópolis

- Anúncio -spot_img

Empresários e trabalhadores que dependem do comércio noturno acreditam que ampliação do horário deve ajudar a reduzir prejuízos acumulados na pandemia.

As presidentes das duas principais entidades representativas do setor de restaurantes, bares, lanchonetes e similares em Rondonópolis manifestaram alívio com as mudanças anunciadas ontem (22) pela Prefeitura Municipal. Neumara Resmini, empresária, e Neth Moura, sindicalista, foram ouvidas momentos depois da divulgação das novas medidas pelo AGORAMT. Elas consideram que a ampliação dos horários para o atendimento nos estabelecimentos e também para os serviços de entrega de alimentos e bebidas foi uma conquista importante.

“Ainda não é o ideal, mas pelo menos já podemos trabalhar até às 22:00h. A Prefeitura seguiu o decreto estadual, suprindo bastante as necessidades do setor”, disse Neumara, que preside a Associação Rondonopolitana de Bares e Restaurantes (ARBR)

A empresária explica que o setor foi um dos mais atingidos desde o início da pandemia e considera que as restrições que estavam em vigor terminaram por agravar a crise. Com o novo horário a expectativa é reduzir os prejuízos acumulados.

“Nós estamos conscientes que, devido ao momento atual da pandemia, vai demorar muito para o setor noturno voltar ao normal. Mas estamos seguindo todas as medidas protetivas de biossegurança para que esse momento chegue logo”.

Imagem: neth moura sindebares 3 Mudança no horário agradou setor de bares, restaurantes e similares
Neth Moura, do Sindebares/Sul, disse que ampliação do horário ‘faz muita diferença’. – Foto: Arquivo pessoal

Do lado dos trabalhadores que dependem das vendas noturnas, como autônomos ou empregados, a situação não é muito diferente.

O Sindicato dos Empregados em Bares, Restaurantes e Similares da Região Sul de Mato Grosso (Sindebares/Sul) calcula que só em Rondonópolis foram fechados 700 postos de trabalho e mais de 400 profissionais estão impedidos de trabalhar por causa da pandemia.

Neth Moura, presidente do Sindebares/Sul, ajudou a organizar manifestações nas últimas semanas em protesto contra as restrições, em especial a que impedia a continuidade do trabalho após as 20 horas. Com o anúncio de ontem ela considera que a reivindicação finalmente foi atendida.

“Isso é de suma importância para todos nós. Você não tem noção de como essas horas  a mais fazem a diferença para as empresas e os trabalhadores que atuam no período noturno”, disse Neth Moura. “Agradeço muito a imprensa e todas as pessoas que estiveram conosco nesta luta”.

Fonte: AgoraMT

- Anúncio -spot_img

Enquete

O que você esta achando da atual administração do seu Município?

- Anúncio -spot_img

Estamos Conectados

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Mais Lida

- Anúncio -spot_img

Matérias Relacionadas

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui