InícioPolíticaVacina Contra Covid-19: Rezende tem indicação atendida na priorização para mães que...

Vacina Contra Covid-19: Rezende tem indicação atendida na priorização para mães que estão amamentando

- Anúncio -spot_img

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT), em reunião nesta sexta-feira (11/6) aprovou, de forma unânime, a indicação do deputado estadual Sebastião Rezende para que as lactantes sejam prioridade na vacinação contra Covid-19 em Mato Grosso.

Com a aprovação, serão vacinadas as mulheres que amamentam crianças de até um ano de idade, podendo se estender para até 2 anos, caso os municípios finalizem o público.

Com dados científicos, Sebastião Rezende fundamentou a indicação ao Governo do Estado, além da Secretaria de Estado de Saúde, mostrando a urgente e imprescindível necessidade de incluir no grupo de prioridade da imunização contra Covid-19 as mães lactantes do estado de Mato Grosso.

Um dos estudos mostrados foi publicado na revista científica JAMA, que aponta que leite materno pode transmitir anticorpos contra a Covid-19 aos bebês. “Na discussão trazida no periódico, os autores afirmam: os anticorpos encontrados no leite materno dessas mulheres mostraram fortes efeitos neutralizantes, sugerindo um potencial efeito protetor contra a infecção de bebês”, aponta na indicação.

E, conforme dados do Ministério da Saúde, estudo realizado entre fevereiro de 2019 e março de 2020 constatou que o índice de aleitamento materno vem aumentando no Brasil, chegando ao patamar de 53% das crianças brasileiras que são amamentadas durante o primeiro ano de vida. O parlamentar mostra, por sua vez, que, infelizmente, dados do Ministério da Saúde apontam que o Brasil detém uma das taxas mais altas do mundo de mortes de bebês por Covid-19, afirmando que mais de 1,3 mil bebês menores de 1 ano morreram por serem infectados pelo novo Coronavírus, número este que pode ser maior considerando a falta de diagnóstico e baixo índice de testagem em bebês e crianças. Este estudo ainda traz a triste realidade de que cerca de 6,5 mil bebês precisaram ser internados em 2021 e em 2020 esse número chegou a 15,3 mil bebês.

Diante destes dados e pelo relevante alcance social, o parlamentar apresentou esse pleito, que agora foi atendido, o que, em sua visão, trará mais tranquilidade para as mães lactantes e seus bebês que, segundo recomendação da Sociedade Brasileira de Pediatra (SBP), da Academia Americana de Pediatria (AAP) e do Centro de Controle de Prevenção de Doenças (CDC), é de que crianças menores de 2 anos não usem máscaras, devido ao risco de asfixia.

Sebastião Rezende também externa, através da reportagem, o agradecimento ao secretário de Saúde do Estado, Gilberto Figueiredo, e aos demais membros da CIB-MT pela sensibilidade diante dessa relevante causa atendida.

Fonte: A Tribuna

- Anúncio -spot_img

Enquete

O que você esta achando da atual administração do seu Município?

- Anúncio -spot_img

Estamos Conectados

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Mais Lida

- Anúncio -spot_img

Matérias Relacionadas

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui