- Anunciante -spot_img
InícioDestaquePartidos pedem destituição do presidente do Peru

Partidos pedem destituição do presidente do Peru

- Anúncio -spot_img

Martín Vizcarra é acusado de ter pedido que funcionários mentissem em investigação; Congresso pode votar nesta sexta-feira o afastamento dele

O presidente peruano, Martín Vizcarra, que pediu para assessoras mentirem em inquérito parlamentar Foto: ANDRES VALLE / AFP/08-07-2020

LIMA – Seis dos nove partidos com representação no Congresso peruano apresentaram na noite de quinta-feira uma moção para destituir o presidente Martín Vizcarra por suposta “incapacidade moral”, num processo que começará a ser debatido nesta sexta-feira. Gravações apresentadas no Congresso mostram Vizcarra pedindo que funcionárias mintam em uma investigação parlamentar. O presidente enfrenta a pior crise política de seu governo.

Assinada por 95 parlamentares, a moção busca “declarar a vacância da presidência da República e consequentemente a aplicação do regime de sucessão estabelecido no artigo 115 da Constituição do Peru”. O documento foi apresentado após Vizcarra fazer um comunicado à nação, no qual ele negou atos ilegais e denunciou uma conspiração parlamentar contra a democracia.

Pandemia:Com recorde global de mortes, Covid-19 expõe Estado frágil no Peru

– Que as Forças Armadas, que os cidadãos, tenham a segurança de que agiremos no estrito cumprimento da ordem constitucional – disse o presidente do Congresso, Manuel Merino, após receber a moção e convocar o parlamento para debater a sua admissão na sexta-feira.

O próprio Merino assumirá a presidência caso a moção seja aceita. O partido dele, a Ação Popular, é um dos signatários do pedido de afastamento.

São necessários apenas 52 votos para a moção seja para debate, o que inicia um processo formal de impeachment a ser votado em quatro dias. No entanto, a votação final poderá ocorrer nesta sexta-feira se a oposição a Vizcarra reunir 104 votos, de um total de 130 parlamentares, o que não é certo.

Outra crise:Pressionado por presidente, Congresso aprova fim da imunidade parlamentar

O Congresso precisa de 87 votos para remover Vizcarra, que não tem partido nem bancada.

O congresso fragmentado é dominado por uma aliança de quatro partidos populistas: Aliança para o Progresso, Ação Popular, União pelo Peru e Podemos. Além deles, o Força Popular e o Somos Peru também apoiaram a moção.

Veja Mais

- Anúncio -spot_img

Enquete

O que você esta achando da atual administração do seu Município?

- Anúncio -spot_img

Estamos Conectados

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Mais Lida

- Anúncio -spot_img

Matérias Relacionadas

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui