- Anunciante -spot_img
InícioDestaqueÔnibus é incendiado perto da penitenciária Nelson Hungria em Contagem, na Grande...

Ônibus é incendiado perto da penitenciária Nelson Hungria em Contagem, na Grande BH

- Anúncio -spot_img

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que dois homens encapuzados atearam fogo no veículo. Parentes de detentos fizeram protesto no local.

Confusão perto da Penitenciária Nelson Hungria — Foto: Reprodução/Redes sociais

Um ônibus foi incendiado perto da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite deste sábado (26). De acordo com a Polícia Militar, testemunhas disseram que dois homens encapuzados atearam fogo no veículo.

O batalhão de choque foi acionado para averiguação. Ninguém foi preso. Houve confusão porque parentes dos detentos incendiaram pneus perto da entrada da penitenciária.

Em nota, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) informou que a situação já foi controlada pelo Corpo de Bombeiros. “Até o momento, não foi identificada relação entre o ocorrido e o sistema prisional”.

Entre os dias 9 e 16 de setembro, cinco ônibus foram incendiados na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A polícia investiga se as ações têm ligação com detentos que estão na Penitenciária Nelson Hungria.

As ações acontecem de forma semelhante. O motorista é obrigado por bandidos a parar. Eles ateiam fogo com combustível e fogem.

As visitas presenciais foram retomadas, neste sábado (26), em unidades prisionais de Minas Gerais que estão em regiões nas ondas verde e amarela do Minas Consciente.

As regras são bem específicas. Elas foram criadas tomando como base o programa Minas Consciente, que orienta a retomada de atividades em regiões a partir dos índices da pandemia.

Municípios que estão nas regiões da onda verde têm visita liberada nas unidades prisionais de um familiar por preso, a cada 30 dias.

O visitante pode ficar no local por três horas e precisa morar em cidades que também estejam na onda verde. Além disso, não pode ter sintomas gripais e precisa usar a máscara o tempo inteiro.

Para unidades prisionais que ficam nas regiões de onda amarela, a visita também é de um familiar por preso a cada 30 dias. Mas, a duração da visita é de 20 minutos.

As condições são similares, mas o visitante precisa morar em cidades que estejam nas ondas verde ou amarela e a unidade prisional precisa ter um parlatório ou locais similares, ou seja, um espaço com separação de vidro entre visitante e preso.

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Veja Mais

- Anúncio -spot_img

Enquete

O que você esta achando da atual administração do seu Município?

- Anúncio -spot_img

Estamos Conectados

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Mais Lida

- Anúncio -spot_img

Matérias Relacionadas

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui