- Anunciante -spot_img
InícioCidadesRondonópolisGaeco está na Prefeitura de Rondonópolis

Gaeco está na Prefeitura de Rondonópolis

- Anúncio -spot_img

O Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (GAECO), está neste momento na Prefeitura de Rondonópolis. Vários agentes chegaram há pouco mais de uma hora no Paço Municipal.

A ação integra a operação denominada “Esforço Comum”, resultado de investigação instaurada para apurar a contratação de uma cooperativa para prestação de serviços terceirizados. O Gaeco esteve no início da manhã desta quinta-feira (20), na sede da cooperativa.

As investigações até o momento revelaram que a empresa firmou contrato com diversos municípios mato-grossenses e estendeu sua atuação para outros estados da federação. Contudo, segundo o informado pelo Ministério Público Estadual, há indícios de que houve prévio ajuste para contratação da cooperativa, ao menos junto ao Município de Rondonópolis, que resultou no pagamento de mais de R$ 67.000.000,00 (sessenta e sete milhões de reais) pela prestação de serviços.

Recentemente, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou que o município de Rondonópolis se abstivesse de contratar a Coopervale, em razão de inúmeras irregularidades constatadas no contrato.

Nota da Prefeitura de Rondonópolis

Sobre a operação do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) realizada na manhã desta quinta-feira (20), a Secretaria Municipal de Administração de Rondonópolis informa que:

– Está fornecendo toda a documentação solicitada pelo Gaeco referente aos processos de licitações e contratos firmados com a Coopervale.

– Os processos foram feitos conforme a legislação e atendendo as determinações da Lei das Licitações.

– Os processos de licitações e contratos atenderam a legalidade e transparência, podendo ser consultados por todos os cidadãos no Portal de Transparência do Município.

– O último processo de licitação que visava a contração de prestadora de serviços de mão de obra de apoio às atividades subsidiárias foi anulado no último dia 11 de maio, atendendo parecer da Procuradoria Geral do Município.

– Este mesmo processo (Pregão Presencial 27/2020) estava suspenso por solicitação do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE) de 4 de março de 2021.

- Anúncio -spot_img

Enquete

O que você esta achando da atual administração do seu Município?

- Anúncio -spot_img

Estamos Conectados

16,985FãsCurtir
2,458SeguidoresSeguir
61,453InscritosInscrever

Mais Lida

- Anúncio -spot_img

Matérias Relacionadas

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui