Bebê é internado em Sorocaba (SP) e médicos encontram nicotina e cocaína em seu sangue

0
19
Bebê é internado em Sorocaba (SP) e médicos encontram nicotina e cocaína em seu sangue

Um estranho caso ocorreu no interior do estado de São Paulo. Um bebê de um ano e onze meses de vida deu entrada no hospital da cidade de Sorocaba pela mãe porque estava passando mal. Até aí tudo bem, pois qualquer criança pequena passa mal e os pais procuram dar entrada em uma unidade de saúde para detectar o problema. Nesse caso a mãe, ao perceber que o seu filho estava passando mal e chegou a vomitar, procurou rapidamente atendimento médico emergencial para descobrir o que o pequenino tinha. No entanto, o resultado dos exames surpreendeu tanto à mãe quanto a equipe médica, pois o bebê estava com traços de cocaína e nicotina no sangue.

Exame de sangue de bebê surpreende

O triste caso ocorreu na cidade paulistana de Sorocaba na última quinta-feira (16). A mãe levou o seu filho ao CHS de Sorocaba após ele passar mal e vomitar. A própria matriarca acreditava que a criança teria sido abusada por um homem com o qual ela esteve, porém após realizar exame de sangue no pequeno, foi detectado traços de cocaína e nicotina no organismo dele. Foi feita uma ocorrência policial, registrada na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM de Sorocaba) e será investigado pela Polícia Civil do estado de São Paulo. O estado de saúde do menor é estável.

A investigação do caso

Após a identificação do delito cometido por alguém, os investigadores correm atrás para identificar o possível responsável por tamanha crueldade.

Inicialmente, a Polícia Civil tomou o depoimento da mãe da criança, que confessou que teria problemas com vício em drogas. Contudo, os policiais querem fazer a identificação de quem teria dado esses entorpecentes à criança.

Todo o andamento processual e de investigações do caso está tendo o acompanhamento do Conselho Tutelar local e, dependendo dos resultados, os responsáveis pelo bebê correm o risco de perder a guarda da criança.

Medidas protetivas são tomadas nessa sexta-feira (17)

Depois de fazer a identificação dos entorpecentes na corrente sanguínea do bebê de um ano e onze meses, o portal de notícias G1 foi informado pelo Conselho Tutelar do município de Sorocaba, que a criança está ficando sob os cuidados de sua avó.

Ainda de acordo com o órgão de defesa à criança que acompanha todo o processo, o bebê ainda permanece internado na unidade de saúde porém, como medida protetiva, ela agora está sob os cuidados de sua avó.

Nesta sexta-feira (17), o menino ainda foi levado ao Instituto Médico Legal para que fosse realizado o exame de corpo de delito. As investigações seguem no sentido de fazer a identificação do responsável que fez com que a criança ingerisse tanto a cocaína quanto a nicotina.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui