Promotora alerta sobre falta de sedativo e pede que as pessoas não saiam de casa

0
71

Neste final de semana a promotora de Justiça, Joana Maria Bortoni Ninis, enviou em um grupo de WhatsApp, informações sobre a pouca quantidade de medicamento sedativo para pacientes com Covid-19, e que precisam ficar internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Rondonópolis.

Na manhã de hoje, a equipe do Portal Agora MT, conversou com a promotora por telefone. A mesma confirmou a veracidade do áudio.

Conforme a Joana Ninis, o objetivo não é criar pânico na população, mas conscientizar sobre a gravidade do problema. “Peço encarecidamente que a população de Rondonópolis não saia de casa, não vá aos supermercados, não façam atividades físicas. Mantenham todos dentro de casa. A situação é gravíssima. Fiquei sabendo que o ex-presidente da Acir, não conseguiu vaga em uma UTI, ficou entubado com um respirador avulso na Santa Casa. Volto a pedir que todos fiquem em casa”.

Ouça o áudio da promotora na íntegra.

VÍDEO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui