Governo prevê lockdown em Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Cáceres

0
19

Decreto do Estado classifica os municípios de Rondonópolis, Sinop, Sorriso e Cáceres como de risco muito alto de disseminação do novo coronavírus e orienta a decretação de lockdown. Estes quatro municípios possuem ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva superior a 80% e a Taxa de Crescimento de Contaminação (crescimento do número de casos em uma semana) acima de 50%.

De acordo com o boletim da secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgado neste domingo (14), em Cáceres e em Sorriso não há leitos de UTI disponível. A TCC de Cáceres foi de 53,4% e a de Sorriso de 52,14%.

Em Rondonópolis a ocupação dos leitos de UTI é de 92% e a TCC é de 61,7%. E em Sinop a ocupação das UTIs é de 90% e a TCC 63%.

Desta forma, o decreto estadual orienta a implementação da quarentena coletiva obrigatória no território do Município, por período de 15 dias, prorrogáveis, mediante reavaliação da autoridade competente, o que significa lockdown.

É indicado ainda o controle do perímetro da área de contenção, por barreiras sanitárias, para triagem da entrada e saída de pessoas, ficando autorizada apenas a circulação de pessoas com o objetivo de acessar e exercer atividades essenciais.

O municípios devem manter apenas serviços públicos e atividades essenciais, em consonância com o Decreto Federal nº 10.282, de 20 de março de 2020, exceto academias, salões de beleza e barbearias.

Os parques públicos estaduais obedecerão as restrições estabelecidas pelos Municípios e, na ausência delas, poderão ser utilizados desde que observado o distanciamento mínimo de 1,5m entre as pessoas, ficando vedado o acesso sem o uso de máscara de proteção facial, ainda que artesanal, pelos usuários.

Números de casos

Rondonópolis possui hoje 495 casos confirmados e 13 óbitos. Sorriso aparece em segundo com 213 casos confirmados e três mortes. Depois vem Sinop com 163 casos e nove óbitos e em quarto lugar Cáceres, com 66 casos e cinco vítimas fatais.

Fonte: CenarioMT

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui