Hambúrguer teria motivado filho a matar a mãe espancada na Barra da Tijuca

0
15
Hambúrguer teria motivado filho a matar a mãe espancada na Barra da Tijuca

No último domingo (7), Igor Gomes Moraes Alves, de 29 anos, foi preso em flagrante após matar a própria mãe, Lúcia Regina Gomes Alves, de 69 anos. O jovem confessou o crime para a Polícia e, inclusive, chegou a apontar o motivo de ter espancado sua matriarca até a morte: um hambúrguer. Segundo Igor, ele queria comer hambúrguer, mas sua mãe não, o que teria causado um desentendimento entre eles.

Segundo Cristiane Carvalho, delegada da Delegacia de Homicídios da capital responsável pelo caso, Igor contou que primeiro começou a desferir socos e depois acabou asfixiando a mãe. O jovem ainda disse ter colocado os dedos nos olhos e até chutado a cabeça da idosa.

O crime aconteceu no próprio apartamento de Lúcia Regina, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Ainda de acordo com a delegada, o jovem não demonstrou nenhum tipo de remorso ao relatar o crime e chegou a admitir ter tirado a vida da mãe de forma cruel.

Testemunhas relatam briga entre mãe e filho

Segundo informações passadas por testemunhas à polícia, Igor chegou à casa da mãe no sábado (6) e, nesse mesmo dia, teria acontecido uma intensa discussão entre eles. A discussão acabou chamando a atenção dos vizinhos, que logo acionaram o síndico do condomínio onde Lúcia morava. Contudo, o jovem teria afirmado ao profissional que estava tudo bem no apartamento.

Depois de ter conversado com o síndico por telefone, Igor teria descido pela escada de incêndio e pulado o muro do condomínio.

Ao chegarem à residência da idosa, policiais da Delegacia de Homicídios encontraram um papel em cima da mesa onde estava escrito um endereço. Logo eles foram até o endereço e descobriram se tratar da residência de Igor, também localizada na Barra da Tijuca.

No local, o porteiro do prédio informou que o jovem havia chegado ao apartamento há pouco tempo e, segundo ele, aparentava estar alterado.

Os policiais então subiram até o apartamento de Igor e o encontraram dormindo. Nesse momento, ele foi preso em flagrante pela morte da mãe e indiciado pelo crime de feminicídio. Além disso, no apartamento os policiais ainda encontraram uma mala contendo os documentos de Lúcia e cerca de R$ 600.

Igor foi preso dia 4 e foi solto com a ajuda da mãe

Na quinta-feira (4), Igor foi preso em flagrante acusado de tráfico de drogas. Depois de receberem uma denúncia, agentes do Programa Barra Presente foram averiguar um homem que estava mantendo atitudes suspeitas dentro de um Honda Civic preto, que estava parado na Praia da Barra. Chegando ao local, os policiais encontraram dentro do veículo um recipiente de vidro contendo maconha, duas pedras de cocaína e ainda uma balança de precisão. Dessa forma, Igor foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado à 16ª DP.

Depois disso, no sábado (6), o jovem acabou sendo solto com a ajuda de um advogado pago por Lúcia. Na ocasião, o juiz afirmou que o crime até então praticado por ele não envolvia violência ou grave ameaça.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui