Ministério da Saúde deixa de informar total de casos da Covid-19

0
7
Ministério da Saúde deixa de informar total de casos da Covid-19

O Ministério da Saúde parece estar mudando sua estratégia no que diz respeito à divulgação de dados relacionados ao novo coronavírus. Na semana em que o número de mortes diárias tem se elevado gradualmente, o governo passou a divulgar as informações e números oficiais de maneira tardia. Se antes a divulgação ocorria por volta das 19h, nos últimos dias vem sendo divulgadas por volta das 22h.

Ministério da Saúde emite nota sobre divulgação dos dados

Tal mudança faz parte de algumas estratégias de divulgação que o Ministério da Saúde pretende adotar para, segundo eles, informar com mais precisão. O método executado na maior parte dos países que enfrentam a pandemia do coronavírus, divulga diariamente o número de mortos das últimas 24h, o número total de óbitos ao longo da quarentena e o número total de pessoas contaminadas pelo coronavírus.

Bolsonaro se manifesta sobre mudanças do ministério da saúde

O presidente Jair Bolsonaro não só defende a mudança na divulgação, como já se manifestou pelas redes sociais, compartilhando trechos de uma nota do Ministério da Saúde, que defende que o modelo de avaliação utilizado desde o início da pandemia, não oferece uma representação do “momento do país”.

1- O @minsaude adequou a divulgação dos dados sobre casos e mortes relacionados ao Covid-19.

Ao longo do enfrentamento da doença, a coleta de informações evoluiu com capacitação e serviços laboratoriais. As medidas, assim, permitem obter dados mais precisos sobre cada região.

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) June 6, 2020

As novas estratégias do governo de Bolsonaro passaram a ser utilizadas nesta sexta-feira (5), quando o Ministério da Saúde divulgou apenas o número de óbitos que ocorreram desde a última quinta (4), totalizando 1.005 mortes.

O boletim deixou de informar de maneira ampla como vinha fazendo, o número de mortos e contaminados desde o início da pandemia.

De acordo com a nota do Ministério da Saúde, o governo afirma que passará a informar apenas os óbitos que ocorrem no período das últimas 24 horas, o que consequentemente resultaria em números muito menores do que os que estamos acompanhando até o momento.

Na publicação do presidente Jair Bolsonaro, a nota defende ainda a divulgação dos casos a partir das 22h, como maneira de evitar o risco de subnotificação. “Ao acumular dados, além de não indicar que a maior parcela já não está com a doença, não retratam o momento do país. Outras ações estão em curso para melhorar a notificação dos casos e confirmação diagnóstica”, diz o texto.

Ao comentar, nesta sexta-feira (5) sobre a mudança no horário de divulgação dos dados do coronavírus, Bolsonaro não confirmou se a ordem partiu dele. Entretanto, o presidente alegou que a divulgação feita às 22h proporcionaria números mais consolidados. O presidente destacou ainda, que com a mudança “acabou matéria no Jornal Nacional”, fazendo referência ao jornal da TV Globo, que tem a maior audiência do país.

5- Para evitar subnotificação e inconsistências, o @minsaude optou pela divulgação às 22h, o que permite passar por esse processo completo. A divulgação entre 17h e 19h, ainda havia risco subnotificação. Os fluxos estão sendo padronizados e adequados para a melhor precisão.

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) June 6, 2020

“Não interessa de quem partiu [a ordem para modificar o horário], é justo sair às 22h, é o dado completamente consolidado.

Muito pelo contrário, não tem que correr para atender a Globo”, concluiu.

Site oficial de dados do Ministério da Saúde está em manutenção

Depois do atraso em divulgar os dados oficiais do coronavírus, o site do governo que apresenta tais informações ficou fora do ar. A justificativa seria de que o governo deseja fazer a recontagem do número de mortos, com a alegação que o número de mortos seria maior do que realmente é, computando mortes ocorridas por outras doenças, e que foram registradas de maneira equivocada pelo Ministério da Saúde.

O site que continha todas as informações oficiais desde o início da pandemia no país, e contava com dados e gráficos, está fora do ar desde a noite desta sexta-feira.

Quando o usuário tenta acessar o site, a informação que recebe é a de que o “portal está em manutenção”. Até o momento, o ministério da saúde não informou a real justificativa do ocorrido, nem sobre quando o site voltará a funcionar.

TCU pode propor aos Estados a divulgação diária dos dados oficiais

Diante da dificuldade com a divulgação dos dados oficiais diários por parte do governo, o ministro Bruno Dantas, do TCU, analisa encaminhar uma proposta para que tribunais estaduais recolham e divulguem os dados, diariamente, às 18h, todos os dias, sem interferência direta do Ministério da Saúde.

”Com as novas dificuldades para divulgar dados nacionais de infectados, curados e óbitos da Covid-19, as instituições devem ajudar.

Cogito propor ao TCU e aos tribunais de contas estaduais que requisitemos e consolidemos dados estaduais para divulgação diária até 18h”, conclui Dantas.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui