Jovens britânicos acabam presos após debocharem da morte de George Floyd

0
13
Jovens britânicos acabam presos após debocharem da morte de George Floyd

Uma semana após o caso do ex-segurança George Floyd, que foi morto por um policial nos Estados Unidos e gerou uma onda revolta no país, três jovens britânicos acabaram sendo presos por terem debochado da morte do homem de 46 anos.

Na segunda-feira (1º), o Daily Mail revelou que os adolescentes presos tinham entre 18 e 19 anos de idade, e a “brincadeira” que foi feita através do Snapchat acabou rendendo consequências graves.

Publicação zomba de George Floyd

Na publicação que acabou viralizando nas redes sociais, e causou muita revolta nas pessoas que assistiram, os três jovens brancos aparecem no momento sorrindo enquanto reencenavam o momento do homicídio de George Floyd, que foi morto por asfixia após o policial que o abordou ter se ajoelho no pescoço do ex-segurança.

Diante disso, os jovens britânicos apareceram nas imagens reproduzindo a mesma posição que o policial teve e que consequentemente provocou a morte do ex-segurança.

Na legenda da publicação feita pelos jovens, eles escreveram “brutalidade policial” como uma forma deboche a respeito do acontecimento. De acordo com o Daily Mail, o vídeo feito pelos britânicos foi publicado na última semana através do aplicativo Snapchat.

Após publicação ter atingido um alcance maior, os três envolvidos acabaram tendo suas identidades descobertas pelos internautas que ficaram revoltados com a atitude. Logo após, os britânicos apagaram seus perfis das redes sociais rapidamente.

Por mais que eles tenham deletado seus perfis nas redes sociais, os jovens tiveram que enfrentar as consequências de seus atos.

Eles acabaram sendo detidos no domingo (31) a noite, e além disso também tiveram seus telefones confiscados pelas autoridades responsáveis pela prisão dos mesmos.

De acordo com o que foi divulgado pelo jornal, um porta-voz da polícia explicou a respeito do caso, que o ato está sendo agora considerado como sendo um crime de ódio por parte dos jovens britânicos.

Contudo, o trio não está mais na prisão para onde foram levados após o caso ter vindo à tona. No comunicado, é destacado que os três saíram do local após terem pagado a fiança necessária.

No comunicado ainda é ressaltado que se tem ciência a respeito da perturbação que a publicação pode ter causado em mais pessoas, e garantem que a situação agora está sendo investigada pela polícia, e que será tratada como um crime de ódio.

Também foi informado que a repercussão de todo o caso nas redes sociais fez com que os jovens e seus familiares passassem a receber ameaças de morte.

Um informante declarou que tudo acabou explodindo nos jovens e seus familiares, e que eles passaram a receber estas ameaças. Diante disso, todos passaram a receber ameaças das pessoas que se revoltaram com a publicação do trio nas redes sociais.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui