Jornal exibe parte da reunião de Bolsonaro no SBT e não corta palavrões, diz colunista

0
15
Jornal exibe parte da reunião de Bolsonaro no SBT e não corta palavrões, diz colunista

Vídeo do Dia: Delegado Paulo Bilynskyj afirma que namorada disparou por seis vezes contra ele

De acordo com o colunista do site de notícias UOL, Maurício Stycer, neste domingo (24), o SBT Brasil, sob ordens de Sílvio Santos, resolveu exibir em sua emissora uma parte da reunião do presidente Jair Bolsonaro com seus ministros, um dia depois de mandar cancelar a exibição do telejornal SBT Brasil.

Sílvio Santos decide exibir reunião ministerial

Neste domingo (24), os telespctadores do SBT tiveram uma surpresa, e que, logo após o programa dominical da Eliana houve uma uma exibição de uma parte da reunião do presidente Jair Bolsonaro e seus ministros feita no mês de abril e liberada pelo Supremo Tribunal de Justiça na última sexta-feira (22).

A exibição teve a duração de sete minutos e a emissora de Sílvio Santos escolheu por cortar não os palavrões ditos pelo presidente Bolsonaro. O vídeo da reunião entrou no ar sem qualquer aviso aos telespectadores.

Silvio Santos assistiu o vídeo na íntegra

De acordo com o jornal digital Poder360, após Sílvio assistir o vídeo da reunião do presidente Jair Bolsonaro na íntegra, o dono da emissora SBT compreendeu que o conteúdo do vídeo era favorável ao Presidente Bolsonaro, pois, o presidente fala o que as pessoas querem ouvir, disse o apresentador e empresário, segundo o jornalista Fernando Rodrigues.

O telejornal ‘SBT Brasil’ não foi ao ar neste sábado

Neste sábado (23) os jornalistas foram pegos de surpresa enquanto, ainda na tarde de sábado, produziam o telejornal “SBT Brasil” e receberam um comunicado de Sílvio que o jornal não seria exibido naquele dia.

Algumas pessoas que trabalharam na redação do telejornal disseram que o motivo que havia ocorrido esse cancelamento seria de evitar repercussões negativas da exibição da reunião ministerial do governo de Jair Bolsonaro.

Pela primeira vez desde de que estreou o telejornal “SBT Brasil” em 2005, este não foi exibido causando um péssimo clima na emissora de Sílvio Santos.

No lugar do telejornal, foi exibida uma reprise do programa de Fofocas “Triturando”.

Deputado Federal defende Sílvio Santos

O deputado Federal e também genro do empresário, Fábio Faria (PSD-RN), publicou em suas redes sociais defendendo a decisão de seu sogro de não exibir o telejornal neste sábado (23).

O deputado, que é casado com a filha de Sílvio Santos, Patrícia Abravanel, disse que não houve motivação política para a não exibição do telejornal.

Ele disse também que não houve nenhuma reclamação do governo em relação a exibição do vídeo no SBT. Ele afirmou que jamais Sílvio aceitaria qualquer interferência em sua emissora. Em sua publicação, disse também que o vídeo seria exibido no programa do próprio Sílvio Santos neste domingo (24) na íntegra, como feito, mas apenas em partes, e não necessariamente completo.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui