Volta das transmissões esportivas exigirá mais cuidados em meio à pandemia, diz colunista

0
11
Volta das transmissões esportivas exigirá mais cuidados em meio à pandemia, diz colunista

Em um primeiro momento não se tem como fazer qualquer prognóstico a respeito de como e quando acontecerá a volta das transmissões esportivas na Televisão, tanto na paga quanto na aberta.

Isso porque é necessário que as autoridades de saúde e os próprios clubes e demais entidades liberem para que aconteça a volta de seus atletas ao trabalho em meio a este momento de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

No entanto, atualmente existe uma grande atenção em relação ao assunto em questão. Pensando nisso, o colunista Flávio Ricco, do UOL, destrinchou as necessidades futuras para cobrir eventos esportivos após a pandemia.

O colunista afirma que, quando este momento acontecer de fato, é previsto que o consumo se torne algo grande, já que as pessoas estão agora com saudades do Futebol, vôlei, automobilismo e tantos outros esportes que foram paralisados neste momento. Como uma outra certeza também se terá um calendário muito apertado em relação às competições que acontecerão.

Na televisão, o comentário que se tem feito é da grande quantidade de transmissões, que fará com que os profissionais tanto em frente quanto atrás das câmeras sejam levados à exaustão.

Para as pessoas que não estiverem preparados fisicamente par este retorno das transmissões, que será uma verdadeira maratona, os efeitos serão notáveis, devido à intensidade que já pode ser prevista que terá. Ao que tudo indica, o trabalho que iria ser finalizado em dezembro, neste ano passará e entrará em janeiro.

Isso porque não há como operar de outra forma, visto que as transmissões já estão paradas há bastante tempo, desde que a pandemia se espalhou a e acabou chegando ao Brasil.

Diante disso, a TV, rádio e internet precisarão ficar muito atentas a isso com a retomada das transmissões.

Cenário é de incerteza

O colunista ainda pondera que o grande problema atual é que, assim como outras várias questões, não se tem ainda uma decisão a respeito do que acontecerá daqui para frente em relação às competições esportivas, e até mesmo se elas irão retornar com ou sem a presença do público, algo que vem sendo debatido por muitas pessoas, visto que a decisão das autoridades é a de manter o mínimo de aglomeração possível neste momento para evitar que o contágio da doença aumente.

Também nesse momento será preciso buscar por alternativas para as transmissões caso elas voltem em breve a acontecer, mesmo que elas não contem com os torcedores presentes.

Diante disso será necessário que nesta crise todos precisem se reinventar para trabalhar com as transmissões esportivas, que provavelmente passarão por uma grande mudança ao retornarem.

Estas com certeza não serão as únicas dificuldades que serão enfrentadas pela televisão para novamente voltar a transmitir os esportes que estão sendo muito esperados pelos telespectadores.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui