Auxílio Emergencial de R$ 600: maquininhas da Cielo vão aceitar o cartão virtual da Caixa

0
9
Auxílio Emergencial de R$ 600: maquininhas da Cielo vão aceitar o cartão virtual da Caixa

Em relação ao Auxílio Emergencial, a partir da próxima semana, o Carrefour será o primeiro varejista a aceitar a solução criada pela Cielo, que adaptou suas maquininhas e passa a operar com o cartão de débito virtual emitido pela Caixa para pagamento dos beneficiários do Auxílio Emergencial.

A Cielo, empresa líder no setor em toda a América Latina, atualmente controlada pelo Banco do Brasil e Bradesco, adaptou suas maquininhas (terminais PDQ) para recebimento também do cartão de débito virtual emitido pela Caixa Econômica Federal.

A ferramenta foi criada pela Caixa para pagamento do Auxilio Emergencial aos cidadãos que não possuem conta em Banco. E o primeiro varejista a oferecer a solução será o Carrefour, e já na próxima semana estará disponível em 480 pontos de vendas espalhados pelo Brasil.

Cerca de 50 milhões de brasileiros já foram aprovados e já estão recebendo a primeira parcela do Auxílio Emergencial. Fato recorrente são as intermináveis filas que se formam em frente às agências da Caixa para recebimento do benefício que varia de R$ 600 ou R$ 1.200.

Próximo de 80% dos aprovados compareceram às agências da Caixa para receber o auxílio em dinheiro, apenas 20% fizeram transferências eletrônicas ou compras online.

Maioria que recebe Auxílio Emergencial não tem contas em banco

Os números apontam que a maioria dos brasileiros que estão recebendo o Auxílio Emergencial não possuem conta em banco, ou simplesmente não a informou durante o preenchimento do formulário de solicitação do benefício.

Para estes casos, a Caixa disponibilizou a conta poupança digital, que funciona como carteira virtual na qual são disponibilizados os recursos. Como não existe um cartão físico para ser usado de modo convencional (débito, crédito, saque ou compras online) as pessoas têm procurado as agências do Banco para resgatar o valor em dinheiro. Segundo Paulo Caffarelli, presidente da Cielo, há riscos de contaminação nas longas filas que se formam em frente as agências bancárias por isso a solução digital será fundamental para reduzir a necessidade de sacar os recursos.

Ainda pouco utilizada no varejo brasileiro, a LIO, maquininha inteligente lançada há alguns anos pela Cielo, será dedicada ao pagamento de compras com os recursos do Auxílio Emergencial. A Cielo dispõe de cerca de 1,5 milhão de maquininhas espalhadas por todo o Brasil e de aproximadamente 100 mil terminais inteligentes.

Como usar o Auxílio Emergencial na maquininha

Para viabilizar as operações, foi necessário adaptar a LIO, e para isso a Cielo desenvolveu um aplicativo que facilita e agiliza as transações. É muito simples. Os vendedores inserem os dados do cartão de débito virtual da Caixa na maquininha (LIO) sejam número, validade e código de segurança e o pagamento é aprovado em segundos.

Há negociações em andamento entre a Cielo e outros varejistas para disponibilização da maquininha e seus dispositivos para captura de transações de comércio com os recursos do Auxílio Emergencial. Como, por exemplo, uma possível parceria com uma rede de drogarias, que a operadora faz questão, por razões administrativas não revelar o nome.

Disponíveis em vários locais

A partir da próxima quarta-feira (06/05), a ferramenta digital da Cielo será disponibilizada nos supermercados e hipermercados da rede Carrefour. Quanto às lojas de conveniência, drogarias e postos de combustível, apenas na sexta-feira (08/05).

Segundo Luiz Moreno, presidente do Carrefour Varejo, a solução viabiliza o acesso a alimentos e itens essenciais por parte da população, sem a necessidade de recorrer às agências bancárias. Por outro lado, declara que adaptou um plano de emergência que objetiva a redução dos riscos de contágio em sua rede.

Entre outras medidas preventivas, o Carrefour contratou 5 mil funcionários para reforçar as equipes durante o período da pandemia do novo coronavírus, além de atitudes solidárias como congelar o preço de 200 itens de sua marca própria por pelo menos 2 meses.

Não perca a nossa página no Facebook!

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Veja Mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui